Protegendo seu trabalho

Muitos novos autores ficam perdidos na hora de registrar seus filhos de
capa dura, especialmente autores independentes, que sofrem um pouco mais
para acessar informações da área. Esse artigo visa facilitar sua vida e proteger
seu trabalho!


Infelizmente, não podemos assinar os livros como autores digitais fazem
em seu trabalho. Mesmo que pudéssemos, ainda corremos o risco de pessoas
mal intencionadas apagarem nossas assinaturas e copiar nosso trabalho.
Pensando em tudo isso, viemos explicar o primeiro passo para proteger sua
criação: o registro de direitos autorais.


O que são direitos autorais?

A propriedade de direitos autorais concede uso exclusivo da obra ao
autor (com algumas exceções). Ao criar uma obra original, você possui direitos
sobre ela automaticamente.

Para que serve?


Fazer esse registro protege sua propriedade intelectual e, em caso de
violação, te ajuda a provar sua autoria. Sempre que a obra de outro autor for
citada, é necessário dar créditos ao mesmo.

Diferença entre direitos autorais e marca registrada

Essa é uma dúvida muito comum entre novos autores. Enquanto os
direitos autorais representam uma forma de propriedade intelectual, a marca
registrada protege o nome de marcas, slogans, logotipos etc. Ambos são
diferentes da lei das patentes, que protege as invenções.

Como registrar direitos autorais?

Para fazer o registro, você precisa ter em mãos o formulário preenchido
e assinado, comprovante de pagamento, cópia da obra intelectual e demais
documentos. O registro pode ser feito presencialmente em um Escritório de
Direitos Autorais.

Fonte: https://support.google.com/legal/answer/3463239?hl=pt-BR