Gênero Biografia

A palavra vem do Latim Bio (vida) + Grafia (escrita), Biografias estão entre os gêneros mais procurados para se escrever. É uma narrativa sobre a vida de uma determinada pessoa – contada de forma narrativa/cronológica, sendo extremamente fiel aos acontecimentos e respeitando sua ordem.

A biografia pode explorar a trajetória em vida de alguém que já morreu, como também pode relatar a história de alguém ainda vivo. Seja qual for a escolha, ambas exigem muita pesquisa e apuração dos fatos antes de serem publicadas.

Este gênero é bem amplo, pois o formato para se apresentar uma biografia não precisa necessariamente ser apenas de livro, muitas biografias são em formato de documentários, filmes, série para TV ou peças de teatro. E nos últimos anos tem se dado muito destaque a biografias com estilo literário.

Falando sobre a biografia escrita, ela precisa ter algumas características textuais, por exemplo:

  • Gênero narrativo;
  • Narração em terceira pessoa;
  • Pronomes pessoais e possessivos;
  • Indicadores de tempo;
  • Verbos no pretérito perfeito e imperfeito.

O primeiro passo para uma boa biografia é apurar os fatos e coletar informações e dados, muitos autores utilizam entrevistas com pessoas próximas (no caso de quem já morreu) ou até mesmo com o próprio biografado (no caso da pessoa viva).

A coleta dessas informações é essencial porque em nenhum momento há intervenção ou ponto de vista do autor, ele apenas conta a história verdadeira, e pode aproximar mais ainda da realidade apresentando fotografias para ilustrar.

Depois de coletadas todas as informações, começa o trabalho criativo, melhor parte – diga-se de passagem –, pois a história começa a ganhar corpo. A ordem dos fatos é definida e o texto vai fluindo de acordo com o andamento da história. Se houver imagens, elas são inseridas para ajudar a explicar os acontecimentos da narrativa.

Atualmente temos exemplos de grandes nomes que viraram biografias – artistas, jornalistas, empresários, cineastas etc. É um gênero que nunca sai de linha, principalmente quando há um público fiel a quem o biografado conquistou ou vem conquistando. É uma forma muito significativa de conhecermos nossos ídolos ou até mesmo de sabermos sobre pessoas que admiramos, sejam elas famosas ou não.

A biografia não é direcionada à fama, basta somente ter um contador disponível para nos contar a história de alguém que queira registrá-la.

Acima de tudo, para uma boa biografia precisamos absorver a essência da pessoa e saber transmitir ao leitor a sensação de motivação, de superação ou de qualquer outro sentimento que a narrativa tenha a nos passar.

Se você quiser escrever a biografia de alguém, e precisar ajuda, conte conosco, temos um editor especializado em relatos biográficos que pode te orientar!